Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Nutri Soja
Qual a sua avaliação da SOJA pra Saúde?
Ótimo
Bom
Razoável
Prefiro não opinar
Ruim
Ver Resultados

Rating: 3.4/5 (431 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...

 

Nutri Soja


Benefícios da Semente de Girassol
Benefícios da Semente de Girassol

 Sementes de Girassol- Benefícios para a Saúde

Continua á procura de alimentos saudáveis? As sementes de girassol  além de ajudar a controlar a sua fome, ainda lhe fornece uma boa dose de vitamina E, magnésio e selênio. 

Vitamina E - Benefícios a nível cardiovascular

As sementes de girassol são uma excelente fonte de vitamina E que é um poderoso antioxidante.
A vitamina E viaja por todo o corpo neutralizando os radicais livres,  protegendo o organismo contra as gorduras “más”, promovendo a desintoxicação celular, e ajudando a baixar os níveis de colesterol.
A vitamina E tem um alto poder anti-inflamatório pelo que é também uma importante ajuda no controle da asma, da osteoartrite e da artrite reumatóide.

A vitamina E tem também demonstrado ser de grande ajuda na redução do risco de cancro do cólon, na diminuição das crises dos chamados “calores” da menopausa, tanto em intensidade como na frequência com que essas crises aparecem e é ainda um ótimo preventivo para o aparecimento da diabetes.

Sendo um poderoso antioxidante, a vitamina E desempenha um papel importante na prevenção das doenças cardiovasculares. As chamadas “gorduras boas”, incluindo o “colesterol bom”, são muito susceptíveis a danos causados pelos radicais livres, um processo que ocorre quando expostas ao oxigénio. Ao serem danificadas, tanto aquelas gorduras como o colesterol formam derivados tóxicos que se colam ás paredes dos vasos sanguíneos, iniciando o processo de aterosclerose, aumentando o risco de desenvolvimento de doenças coronárias.

 Na verdade, através de vários estudos feitos, chegou-se á conclusão que as pessoas que apresentam bons níveis de Vitamina E no organismo correm muito menos riscos de sofrerem ataques cardíacos do que as que apresentam baixos níveis de Vitamina E.

Um quarto de xícara de sementes de girassol proporciona 90,5% do valor diário necessário de vitamina E.

Os fitoesteróides nas semesnte de girassol

As sementes de girassol são ricas em fitoesteróides; os fitoesteróides  são compostos encontrados em plantas, que têm uma estrutura química muito semelhante ao colesterol “bom”, e que, quando presentes na dieta alimentar em quantidades suficientes, podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol “mau” no sangue, a aumentar a resposta imunológica e a diminuir o risco de contrair alguns tipos de cancro.

Os efeitos benéficos dos fitoesteróides - extraídos, por exemplo, da soja e do milho -  são tão importantes para a saúde que passaram a ser adicionados a vários alimentos processados para promoverem a redução do colesterol; exemplo disso é, entre outros, a manteiga vegetal.  Mas porquê contentar-se, por exemplo, com uma imitação de "manteiga", quando na Mãe Natureza há nozes e sementes que são uma fonte natural tão rica em fibra e fitoesteróis, em protetores cardiovasculares, em minerais e em gorduras saudáveis?

O magnésio nas sementes de girassol

O magnésio existente nas sementes de girassol é ótimo para relaxar os nervos, logo ajuda na descontração muscular e dos vasos sanguíneos.

As sementes de girassol são uma boa fonte de magnésio.

Numerosos estudos têm vindo a demonstrar que o magnésio ajuda a reduzir as crises de asma, a hipertensão arterial, ajuda a evitar dores de cabeça e enxaquecas e reduz os riscos de ataques cardíacos e de  derrames.

O magnésio também é necessário para manter os ossos saudáveis e para a produção de energia. Cerca de dois terços do magnésio existente  no corpo humano está nos ossos; uma parte na nossa estruturação física, outra na superfície dos ossos onde fica armazenado para ser utilizado por todo o organismo, conforme for necessário.

Assim, tanto o cálcio como o magnésio dos ossos, ajudam a regular tanto o tônus muscular como o sistema nervoso. Em muitas células nervosas, o magnésio atua como um bloqueador natural dos canais de cálcio, impedindo que o cálcio  chegue demasiadamente rápido às  células nervosas ativando o nervo; ao bloquear a entrada do cálcio, o magnésio mantém os nervos relaxados, logo descomprimindo a pressão nos vasos sanguíneos e promovendo a descontração dos músculos.

Se a nossa alimentação for pobre em magnésio, no entanto, o cálcio pode entrar livremente nas células nervosas tornando-as super-ativas o que leva ao envio de muitas “mensagens” provocando contrações excessivas. Doses insuficientes de magnésio podem contribuir para hipertensão arterial, espasmos musculares (incluindo os espasmos do músculo do coração, ou os espasmos das vias aéreas – um dos sintomas da asma -), enxaqueca, cãibras musculares, tensão, dor e fadiga.

Um quarto de xícara de sementes de girassol proporciona 31,9% do valor diário necessário de magnésio.

O Selênio nas sementes de girassol

As sementes de girassol são também ricas em selênio; este mineral, fundamental para uma boa saúde, ajuda a melhorar a desintoxicação do organismo e tem uma ação preventiva a nível cancerígeno.


As sementes de girassol apresentam ainda algumas propriedades anti-cancerígenas. Num estudo efetuado em animais, em laboratório, verificou-se que as sementes de girassol ajudam a proteger o organismo do desenvolvimento de tumores cancerígenos; o teor de selênio no organismo é inversamente proporcional ao aparecimento de câncer, isto é, quanto maior for o teor de selênio, menor é o risco de contrair câncer.

Tem-se verificado que o Selênio ajuda a reparar danos do DNA, o que ajuda a inibir a proliferação das células cancerosas, e a induzir a auto-destruição das células mortas ou doentes.

Além disso, o selênio faz parte do princípio ativo de muitas proteínas, incluindo a glutationa peroxidase, que é particularmente importante para a proteção contra o câncer. Os enzimas antioxidantes juntamente com a glutationa peroxidase são utilizados pelo fígado para desintoxicar uma grande variedade de moléculas tóxicas.

Quando os níveis de glutationa peroxidase são muito baixos, as moléculas tóxicas não são eliminadas e causam danos em toda a estrutura celular  com a qual entram em contato, danificando o DNA celular e promovendo o desenvolvimento de células cancerosas.

A sua riqueza em selênio é outra das razões por que as sementes de girassol são um bom alimento.
Um quarto de copo  de sementes de girassol  fornece 30,6% do valor diário necessário de selênio.

 

 Importante:
Este artigo e a informação presente não tem como objetivo servir de aconselhamento médico e não deverá nem poderá ser seguido como substituto de consulta médica.

A Nutri Soja apenas lista os nutrientes e os eventuais benefícios para a saúde de uma alimentação baseada em legumes. O site não pretende aconselhar sobre como curar sintomas, doenças ou condições e toda a informação aqui lista nunca deve ser seguida para alteração da sua alimentação ou hábitos de saúde. Consulte sempre o seu médico para aconselhamento sobre a sua alimentação e saúde.

 

Pequena saudável

O grão proveniente do girassol concentra nutrientes importantíssimos para a saúde. Entre os benefícios, até minimiza os sinais da TPM

 

     É difícil encontrar quem não conheça a flor girassol (Helianthus anuus). Membro da família das Asteraceae, chama a atenção pelo tamanho - a planta pode medir até três metros de altura! - e também por causa da beleza radiante. Suas imponentes flores de aproximadamente 30 centímetros são coloridas por um amarelo intenso, transformando a espécie em sinônimo de vida e alegria.

Não à toa que o artista holandês Van Gogh (1853-1890) se rendeu aos seus encantos, retratando-a em diversos de seus quadros. Mas sua importância ao homem vai além da aparência. Para se ter idéia, suas sementes são ricas fontes de fibras, vitaminas A e E, gorduras benéficas, magnésio e selênio. Reduzir os riscos do surgimento de doenças cardiovasculares, amenizar sintomas da menopausa e promover o relaxamento muscular são alguns dos benefícios relacionados à ingestão das poderosas sementes.

Além disso, elas apresentam grande quantidade de óleo - por isso, são denominadas de oleaginosas - que, depois de extraído, ganha destaque na culinária devido ao seu "sabor suave e aroma neutro", como descreve a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuá- ria (Embrapa). Portanto, se até agora admirava a flor por causa da forma impecável, prepare- se para descobrir nesta reportagem as maravilhas que suas sementes podem fazer pela saúde. Acredite: ao contrário do que parece, o girassol é muito mais do que uma carinha, quer dizer, plantinha bonita!

 

Na balança
A semente de girassol é mais calórica, então, vá devagar na hora de petiscá-la!
Girassol..... 570 kcal
Abóbora..... 541 kcal

Qual a melhor amiga do coração?
No topo fica a semente de girassol, que apresenta maior quantidade de ácidos graxos poliinsaturados, fundamentais para afastar males cardiovasculares.
Girassol..... 32.73 mg
Abóbora..... 20.90 mg

Forte contra o câncer
Para aproveitar os benefícios do selênio, mineral capaz de reparar o DNA e inibir a proliferação de células cancerosas, prefira a semente de girassol.
Girassol..... 59.5 mcg
Abóbora..... 5.6 mcg

Músculos relaxados
A semente de abóbora sai na frente quando o quesito é a presença de potássio, nutriente reconhecido, dentre outras coisas, por promover o relaxamento muscular.
Girassol... 689 mg
Abóbora... 807 mg

Visão nota 10!
Prefira a semente de abóbora para manter os olhos saudáveis.
Girassol..... 3 mcg
Abóbora..... 19 mcg

Fonte: USDA Nutrient Database for Standard Reference, Release 14 (Julho 2001) Valores aproximados e referentes a 100 gramas de cada alimento

 

Tostar a semente de forma caseira compromete seu valor nutricional

Versatilidade à mesa

Geralmente a semente é comercializada descascada e torrada, prontinha para o consumo. Segundo a nutricionista especialista em nutrição clínica Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional, de São Paulo (SP), "ela costuma ser aceita dessa forma, pois como toda oleaginosa tem o sabor mais acentuado de gordura e é bem crocante".

Vale dizer que tentar tostar o grão por conta própria não é uma boa, pois se exagerar na temperatura é possível que seu valor nutricional seja comprometido. Sendo assim, comprá-lo já tostado é a melhor maneira de garantir a presença de todos os componentes que fazem a fama do alimento.

Além de ser opção de petisco de fim de tarde, uma outra maneira de aproveitar as qualidades da semente é triturá-la, adicionando-a na forma de farinha em diversas preparações. Anote aí algumas ideias: experimente salpicá-la na salada de frutas, batê-la com sucos naturais e incorporá-la em saladas de folhas ou em massas de tortas.

Já o óleo de girassol é recomendado para temperar saladas e pratos frios, conferindo um sabor especial às receitas. Mas a indicação dele ou da semente depende das necessidades nutricionais de cada pessoa.

E por falar em recomendação nutricional, atenção: antes de sair salpicando a oleaginosa triturada em tudo, saiba que indivíduos com restrição ao consumo de grãos por causa de colite (um distúrbio do intestino) ou que apresentam alergia a algum de seus compostos devem ficar longe das oleaginosas, segundo informações de Roseli. Como tudo em excesso é contraindicado, a semente de girassol não foge à regra. Devido ao seu elevado teor de gorduras (ainda que sejam as boas), a quantidade ingerida deve ser sempre controlada. Sendo assim, uma colher de sobremesa de semente de girassol por dia, valor recomendado para um adulto, é o ideal para usufruir seus benefícios, no entanto, é importante ter um acompanhamento nutricional, ok?!

Composição nutricional da semente de girassol

Calorias

570 kcal

Carboidratos

18 g

Fibras

10,5 g

Cálcio

116 mg

Magnésio

354 mg

Fósforo

705 mg

Potássio

689 mg

Cobre

1.752 mg

Selênio

59,5 mcg

Vitamina A

50 UI

              Companheiras do coração

A gordura monoinsaturada, um importantíssimo elemento do grão, é responsável por tornar o alimento um forte inimigo das temidas doenças cardiovasculares. De acordo com Roseli Rossi, esse tipo de gordura ajuda a reduzir os níveis do colesterol LDL, considerado o tipo ruim e, por outro lado, age favorecendo o aumento das taxas do bom colesterol, o HDL. "Dessa forma, são menores os riscos de desenvolver doenças do coração", resume.

As gorduras poliinsaturadas, que também auxiliam na redução do colesterol ruim, marcam presença no óleo de girassol, largamente citado como ótima pedida para afastar os males do órgão do peito. Mas, calma lá: em excesso, elas podem provocar a diminuição do HDL. Portanto, fique de olho na dose!

Outro motivo para não exagerar é, apesar das evidentes vantagens ao sistema cardiovascular, o alto teor de gorduras presente nas sementes de girassol acaba por torná-la um petisco calórico. Para se ter ideia, ao ingerir uma porção de 100 gramas, você é "agraciado" com cerca de 570 calorias! Bastante, né?

 

O grão é rico em magnésio, nutriente que combate a fadiga

Vitaminada!

Segundo a nutricionista Fabiana Trovão, do Serviço de Nutrição Clínica do Hospital Israelita Albert Einstein, a vitamina E, que faz parte da composição da semente, é um ótimo antioxidante solúvel em gordura, que circula pelo organismo neutralizando os radicais livres e defendendo as membranas celulares. "Ao proteger esses componentes celulares e musculares, a vitamina apresenta um importante efeito anti-inflamatório", informa.

Outra função respeitável desempenhada pela substância acontece durante o período conhecido popularmente como menopausa, quando é interrompido o funcionamento dos ovários, órgão responsável pela produção dos hormônios progesterona e estrógeno. Isso porque a vitamina E entra em cena favorecendo a redução dos sintomas provocados pela ausência do último (calor intenso e formigamento são alguns dos mais famosos).

Quer mais uma boa notícia? Seu consumo parece amenizar os sinais da TPM (tensão pré-menstrual): "ocorre uma melhora na formação da serotonina [neurotransmissor envolvido na sensação de bem-estar], amenizando as alterações de humor, características do período", esclarece a nutricionista Vanderlí Marchiori. Apesar de ser encontrada em maior quantidade na semente de abóbora, a vitamina A também dá o ar da graça na de girassol. Envolvida na nutrição do globo ocular, o nutriente é importante para manter a visão saudável.

Além disso, favorece o funcionamento apropriado do sistema imunológico e atua na manutenção das mucosas, tornando o indivíduo mais resistente a infecções.

 

Equilíbrio total

A estrela desta reportagem merece ain- da mais destaque por estar abastecida de magnésio, mineral de extrema importância para o perfeito funcionamento do organismo. Segundo a profissional da Clínica Equilíbrio Nutricional, está ligado ao controle do ritmo cardíaco, ao combate à fadiga, à prevenção de osteoporose e ao relaxamento muscular. "Em muitas células nervosas, o magnésio atua evitando que o cálcio seja ativado. Ao bloquear a entrada de cálcio, o magnésio mantém o sistema nervoso, os vasos sanguíneos e os músculos relaxados", complementa a Fabiana.

A falta desse mineral na alimentação pode causar, dentre outras coisas, aumento da pressão arterial, enxaqueca e dores de cabeça, câimbras, tensão e dor, além de contribuir para a ocorrência de espasmos musculares, "incluindo desde espasmos do músculo cardíaco até das vias aéreas, sintomáticos da asma", detalha a nutricio- nista do Hospital Albert Einstein.

Vitamina do bom humor

ingredientes
1 copo de leite de soja
1 colher (sobremesa) de semente de linhaça
1 colher (sobremesa) de semente de girassol
1 fruta pequena de sua preferência

preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador até a mistura adquirir a consistência de uma vitamina.

rendimento
Um copo

Dica: Tome diariamente de manhã ou à tarde, durante, pelo menos, dez dias. O intestino e o humor serão os maiores beneficiados! Fonte: Vanderli Marchiori, nutricionista

Ele tem a Força!

O selênio é outro mineral encontrado na bagagem nutricional das sementes de girassol e que desempenha ações fundamentais em prol da saúde humana. Reparar o DNA e inibir a proliferação de células cancerosas estão entre as suas atividades de ouro!

Como se não bastasse, sua presença garante a síntese da proteína glutationa peroxidase que, de acordo com a nutricionista Fabiana, é particularmente importante na proteção contra o desenvolvimento do câncer. E aí, com tudo o que acabou de ler, ainda acha que o alimento é comida de pássaro?


Obs.: Temos o kit para 350 ml de vitamina para você fazer em casa.

Acesse: Semente de girassol para conhecer mais.

 

 

 

 

topo